segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Resenha: PollyAnna

PollyAnna é órfã, e vai viver com sua tia Polly. Na cabeça dela, ela tem a filosofia do "Jogo do Contente", em que seu pai lhe ensinou em ficar feliz nas situações ruins da vida.
  Então, na casa de sua tia Polly, que era triste e escura, Pollyanna sempre arrumava um jeito de estar feliz com aquilo tudo. Sua tia á maltratava, a punha de castigo e ela arrumava um lado positivo destes para ser feliz.
  A felicidade de Pollyanna acaba quando ela sofre um acidente e fica paraplégica. Quando isso acontece, Pollyanna para de fazer o Jogo do Contente, desistindo de ser feliz.

O livro PollyAnna, ele é ótimo. Este livro é um exemplo de que todos nós deveriamos ser: como PollyAna. Fazer o jogo do contente e se contentar com o que tem á nossa volta, e ficar feliz com as pessoas ao nosso lado, que é o que realmente importa.
Tem exatamente três anos que eu o li, então não liguem se minha resenha ficou ruim.

Nome: PollyAnna
Autor: Eleonor H. Porter
Edição: 1
Editora: Martin Claret
ISBN: 9788572327336
Ano: 2007
Páginas: 194
Tradutor: Luiz Fernando Martins
Sinopse Original: A pequena Beldingsville, uma típica cidadezinha do início do século XX na Nova Inglaterra, Estados Unidos, nunca mais seria a mesma depois da chegada de Pollyanna, uma órfã de 11 anos que vai morar com a tia, a irascível e angustiada Polly Harrington. Por influência da menina, de uma hora para outras tudo começa a mudar no lugar. Tia Polly aos poucos torna-se uma pessoa melhor, mais amável, e o mesmo acontece com praticamente todos os que conhecem a garota e seu incrível "Jogo do Contente". Uma otimista incurável, Pollyana não aceita desculpas para a infelicidade e emprenha-se de corpo e alma em ensinar às pessoas o caminho de superar a tristeza.

9 comentários:

Tatah K. disse...

Parece bom, vou colocar na minha lista de espera :)

bjs

Jaine disse...

Oii, aiin eu sempre vi esse livro nas bibliotecas onde vou mas nunca li, até ja emprestei uma vez mas nem li.
Agora com a sua resenha até me deu vontade de ler. Vou procurar.
Beeijoo
Jaine - Little Things

Lu disse...

Ai gente, achei bem legal e tocante a história do livro, tipo de livro que eu devia ler mais!

Enfim, estou seguindo o seu blog. Se quiser fazer parceria, é só avisar. Beijinhos.

Luiza - Express Coffee

Anônimo disse...

Il semble que vous soyez un expert dans ce domaine, vos remarques sont tres interessantes, merci.

- Daniel

Hangover at 16 (contato) disse...

Nossa! Adorei a história, só pela resenha, já deu muita pena dela :/ Quero leer!

xx carol

Larissa_Seabra disse...

Noss.. mei chocante a historia do livro... mas deve ser bom!
=)

Entre Fatos & Livros disse...

Nossa, esse livro é antigo, mas nunca li. Tdos dizem q é bom, já está na minha lista, mas ainda não tive a oportunidade.

BjoO
Pri
Entre fatos e Livros

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

Mari, nunca li esse livro, acredita?
Acho muito triste, não tenho coragem de ler.... rs

Beijos!

Anna Furtado disse...

Ah, eu li esse livro quando era pequena e acabei perdendo ele! Mas é muito bom, achei até o segundo! Vou comprá-lo! Beijocas :*

http://myevery-thing.blogspot.com